Calibração de Termovisores

Não basta usar, é preciso calibrar!

O uso de equipamentos de medição é necessário em diversos processos de produção para garantir às empresas estarem dentro das normas estabelecidas pela lei e também a qualidade de seus produtos. Por isso, não basta adquirir os equipamentos de medição, é preciso estar sempre atento quanto à sua calibração para que funcione corretamente e não permita falhas na produção.

A calibração envolve a comparação da leitura do instrumento a ser calibrado com outro de referência (também chamado padrão de referência) em condições específicas. Outros aspectos importantes de calibração incluem documentar o desvio registrado entre o instrumento de medição que está sendo investigado e do de referência, calcular a incerteza de medição resultante, e criar o certificado de calibração gravando essa variação.

A calibração de instrumentos de medição, portanto, faz uma contribuição considerável para a garantia da qualidade e prevenção de rejeições, retrabalho, ou pedidos de indenização.

A Testo conta com equipamentos de alta tecnologia para certificar os melhores resultados nas medições.

Veja abaixo as calibrações RBC realizadas pela empresa:

Temperatura (-20 a 100°C), Umidade (10%UR a 90%UR) e Gases (O2 (2,7%, 5% e 10%) | CO (140ppm* e 1000ppm) | CO2 (400 ppm, 1400ppm e 5000ppm) | SO2 (1000ppm) e NO (800ppm) | 100ppm de NO2 | 200ppm de H2S | 5000ppm Metano.

Rastreáveis Dakks: Temperatura I.R (-20 a 100°C) | Ponto de Orvalho (-40°Ctpd e 0°Ctpd) | Velocidade (2.5M/S, 5M/S e 10M/S).