testo Conheça os 8 alimentos mais caros do mundo

Conheça os 8 alimentos mais caros do mundo

As mais caras

Se você achava que comer caviar ou foie gras custava caro, pense novamente. A Hellofood fez uma pesquisa e listou os pratos mais caros do mundo: existe um hambúrguer por míseros R$ 20 mil e um pãozinho com cream cheese que custa R$ 4.400 por exemplo. A gourmetização chega em um outro nível!

1. Torta de Wagyu

A carne de Wagyu é notoriamente uma das mais caras do mundo, pois vem de um tipo de gado criado em ambientes controlados e sem estresse para que a carne fique mais saborosa.

A criação é do chef Kevin Berkins, do restaurante Fence Gate Inn em Lancashire, no Reino Unido. Finalizado com folha de ouro, sai por nada menos do que 8 mil libras – quase R$ 50 mil.

2. Bagel de trufa branca

As trufas são também itens de luxo quando se trata de comida. O preço desses cogumelos especiais pode chegar à quase R$ 20 mil!

No hotel nova iorquino The Westin o chef Frank Tujague criou uma receita de bagel (pão americano redondo com um furo no meio) que leva geleia de riesling (uma uva branca raríssima de folhas douradas) e cream cheese feito com trufa branca e goji berry.

Para começar o dia bem é só pagar US$ 1 mil (aproximadamente R$ 4.400).

3. Lagosta com caviar SeVruga

Lagosta já é um prato que não é exatamente barato, mas se contar com 10g de caviar Seruga com seis ovos esse preço vai, no mínimo, quadruplicar.

Esse caviar é o terceiro mais caro do mundo, perdendo apenas para o tradicional Beluga e Ossetra. A refeição sai por meros US$ 1 mil.

4. FleurBurger

Alguma vez você já pensou que um hambúrguer típico americano poderia chegar ao nível máximo da gourmetização?

Pois ele pode: o FleurBurger do chef Hubert Keller do restaurante Fleur, em Las Vegas, custa US$ 5 mil. É feito com kobe beef – feito de bois da raça Wagyu -, foie gras e trufas negras.

Comidas mais caras

5. Sushi com pedras preciosas

Sim, existe sushi com nada menos do que 12 pérolas e quatro diamantes! O chef filipino Angelito Araneta é o responsável por essa façanha gastronômica: o sushi leva pepino, açafrão selvagem (que não é aquele amarelo que você conhece) e ainda foie gras.

Os quatro sushis saem por deliciosos US$ 2 mil.

6. Presunto Ibérico ou Pata Negra

Sabe o famoso presunto cru que você adora? Existe a versão mais refinada do mesmo, conhecido como Pata Negra, produzido especialmente na Espanha e também em algumas regiões de Portugal.

O sabor deriva de todo o cuidado com a criação do animal e do minucioso e longo processo de cura. Nada que R$ 4 ou R$ 5 mil não resolvam!

7. Kuromaguro

O preço salgado desse atum de barbatana azul, de até US$ 2.600/kg, se deve ao fato de ser uma espécie em extinção. Mas melhor escolher outros peixes para os sushis e sashimis, não?

8. Almas

Não, não é uma forma de encapsular as almas das pessoas e consumi-las. Esse tipo de caviar é mega raro, vendido em pouquíssimos locais pelo mundo, como em Hong Kong e no distrito de Picadilly, em Londres.

Adicione ao mercado restrito a embalagem feita de ouro puro e ovas da espécie Beluga, um peixe escasso que tem pesca anual limitada a 100 unidades. O resultado são 18 mil libras para cada 100g: resumindo, um nadica de nada vale R$ 108 mil.

Confira aqui nossa linha para aplicação em alimentoshttps://www.testo.com.br/pt/home/por_mercado/alimentos_1/basic_page_4_4.jsp

Fonte: Exame.com